AGROINDÚSTRIA IRÁ PRODUZIR AZEITE ENCRUZILHADENSE

A produção será possível através da instalação de uma agroindústria na sede da Afrutes. Que além do beneficiamento das frutas receberá um lagar de azeite.



Honrando ser o município com o maior território plantado de oliveira do país, Encruzilhada do Sul terá um azeite genuinamente encruzilhadense. A boa notícia foi dada pelo presidente da Associação de Fruticultores de Encruzilhada do Sul – Afrutes, Paulo Roberto Minuzzi, e a vice-presidente de Olivicultura, Paula Silveira Becker, em uma reunião com o prefeito Artigas Teixeira da Silveira.


A produção será possível através da instalação de uma agroindústria na sede da Afrutes. Que além do beneficiamento das frutas receberá um lagar de azeite.


De acordo com o presidente da associação, Beto Minuzzi, a agroindústria tem a finalidade de transformar as matérias-primas, prolongando sua disponibilidade, aumentando seu prazo de validade, diminuindo a sua sazonalidade. Além de agregar valor aos alimentos in natura, procurando manter as características originais. Ainda que ressalta que será possível beneficiar 200 famílias de agricultores gerando direta e indiretamente 800 empregos. “O projeto visa o desenvolvimento econômico da cidade e aumentar as chances de crescimento da produção local. Uma vez que tornará possível o beneficiamento dos produtos cultivados aumentando seu valor agregado e, consequentemente, o retorno das vendas dos mesmos será maior.” Enfatiza Minuzzi.




O valor para a realização, cerca de R$723 mil, que serão destinados para compra da máquina extratora de azeite e outros equipamentos, será oriundo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O recurso já teve a proposta e o plano de trabalho aprovados e empenhados e aguarda a liberação. De acordo com Minuzzi, ainda faltam R$250 mil que devem ser utilizados para reforma e adequação do local. Para aquisição deste montante já existe um trabalho sendo feito pela associação. Através da apresentação do projeto para lideranças políticas a nível federal e estadual.





Encruzilhada do Sul possui hoje, a maior área plantada de oliveiras no país, devido ao clima e solo propício para o desenvolvimento da cultura. De acordo com Paula Becker, a produção de azeite de oliva é, em grande parte, terceirizada, o que eleva muito o custo da cultura e, consequentemente diminui a possibilidade de pequenos produtores entrarem no mercado.

“Com a instalação de um lagar no galpão da Afrutes será possível a produção de azeite para associados e terceiros a um custo mais competitivo além da criação de uma marca conjunta ou individual possibilitando a entrada de novos produtores, de menor tamanho, na nova cultura. ” Relata a vice-presidente de Olivicultura. Além dos associados a planta, que irá da extração a rotulagem, poderá atender os demais produtores.









697 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.