ARTESÃS DE LÃ DO ALTO CAMAQUÃ FARÃO EXPOSIÇÃO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS

Ocorrerá na semana entre 27 de junho e 1º de julho de 2022, na Assembleia Legislativa do RS, uma exposição de artesãs de lã do Alto Camaquã. A articulação do evento foi feita pelo deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT), em reunião com artesãs da região na última sexta-feira (06).


No encontro, estiveram as presidentes da Associação para Grandeza e União de Palmas (AGRUPA) e da cooperativa CooperAlto Camaquã, Vera Colares e Débora Schneid, respectivamente, além das associadas das entidades, Soraya Malafaia Colares, Leonora Vernieri, Clair Schneid e Marcia Colares, e do presidente do PT de Bagé, Paulo Parera.


Parlamentar ligado às pautas da ovinocultura, Mainardi afirma que esta exposição é um primeiro movimento de uma série políticas na promoção da lã ovina no estado. “Nosso objetivo é que os artesãos tenham seus produtos expostos e comercializados nos principais eventos da calendário do Rio Grande do Sul, com desfiles, oficinas e concursos, desenvolvendo e expandindo este setor”, afirmou Mainardi.


Publicidade


Vera Colares, presidente da Associação para Grandeza e União de Palmas (AGRUPA), reitera a importância do evento. “Temos uma riqueza de peças que carregam as tradições do estado, que merecem ser conhecidas e divulgadas. Nosso setor é tocado por maioria de mulheres, que promovem a cadeia da ovinocultura”, concluiu.


Além da AGRUPA e CooperAlto Camaquã, também serão convidados ao evento representantes da ARCO, ABACO, ABCOC, ADAC, FGTAS, Tejupá, COOTEGAL, Mauá, COOFITEC, Paramount, Emater, dentre outras entidades ligadas ao setor da lã e ovinocultura.




Semana da Moda em Lã

Próximo de ser sancionado, o Projeto de Lei 255 de 2021, de autoria do deputado Mainardi, institui no estado a Semana da Moda em Lã do Rio Grande do Sul no calendário oficial de eventos do estado, cujo objetivo é fortalecer e dar visibilidade à cadeia local de produção relacionada à lã no estado, promovendo desenvolvimento econômico, de emprego e renda, incentivo ao turismo, às indústrias criativas, ao consumo e exportação dos produtos artesanais gaúchos.


Fundovinos

Também de autoria do deputado Mainardi e sancionado no início de abril, o Projeto de Lei 72/2017, que altera o Fundo de Desenvolvimento da Ovinocultura do Estado (Fundovinos), autoriza a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) a celebrar parceria com entidade representativa da cadeia produtiva da ovinocultura, que administrará os recursos do fundo e poderão investir em eventos que promovam a produção e o consumo de carne, da lã e derivados de ovinos.


Fonte: Assembleia Legislativa


 

33 visualizações0 comentário