top of page

COLHEITA DOS GRÃOS DE INVERNO É ENCERRADA NO RS

De acordo com Informativo Conjuntural Divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (22/12), foi encerrada a colheita dos grãos de inverno no Rio Grande do Sul. As últimas lavouras de trigo ceifadas situavam-se nas regiões Sul, Campanha e Campos de Cima da Serra. A área de cultivo do cereal alcançou 1.458.026 hectares. A produtividade permanece estimada em 3.410 kg/ha, e a produção estadual em 4,97 milhões de toneladas.


Na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Bagé, as lavouras - implantadas tardiamente, com cultivares de ciclo longo e algumas pequenas lavouras de trigo duplo propósito para multiplicação de sementes - foram colhidas na Campanha, em Candiota, em Bagé e em Hulha Negra. Os produtores relatam que as lavouras apresentaram grande desuniformidade e atribuem parte do rendimento final a essa condição. A expectativa de forte quebra na produtividade, nas lavouras semeadas com mais de 30 dias de atraso em relação ao período indicado no zoneamento agrícola, não se confirmou. Foram alcançadas médias de 2.400 a 2.700 kg/ha com PH acima de 80, resultados muito semelhantes aos obtidos nas lavouras semeadas no período indicado. Parte dos produtores firmou contratos com valor da saca entre R$ 100,00 e R$ 105,00, acima da cotação atual, assegurando assim a cobertura dos cultivos e lucro para as lavouras.


Publicidade


Na região de Caxias do Sul, o rendimento médio da safra se aproxima dos 4.000 kg/ha, com excelente qualidade de grãos. Na de Pelotas, foram colhidas as lavouras remanescentes de trigo em Turuçu e em Pedras Altas. A produtividade variou entre 2.600 e 3.000 kg/ha e o PH entre 78 e 82. Os produtores não tradicionais no cultivo de trigo estão satisfeitos com os resultados obtidos.


A colheita da canola também foi concluída no Estado. A área de cultivo foi de 53.415 hectares. A produtividade estimada alcançou 1.790 kg/ha. A produção estadual foi avaliada em 95.618 toneladas. Os preços médios praticados foram na regional de Ijuí, R$ 167,00; e na de Santa Rosa, R$ 169,19.


Já a área de cultivo da cevada no Estado é de 37.500 hectares. A produtividade estimada é de 3.360 kg/ha, e a produção estadual de 126 mil toneladas. A colheita foi estatisticamente encerrada, com a realização da operação em lavouras mais tardias na região Nordeste do RS. A produtividade e a qualidade se mantiveram em padrões superiores, destinados à indústria de malte. Os preços praticados em Erechim foram entre R$ 104,00 e R$ 133,00, conforme a classificação; em Soledade de R$125,24 para malte.


E a área de cultivo da aveia branca para grãos é de 350.641 hectares. A produtividade obtida é de 2.590 kg/ha, e a produção é de 908.160 toneladas no Estado. Os preços médios praticados: na região de Ijuí foi de R$ 64,00; e na de Frederico Westphalen, R$ 54,00.


Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar

Relações Públicas Mateus de Oliveira

Imprensa@emater.tche.br

WhatsApp (51) 9 9918-6934

www.facebook.com/EmaterRS

https://twitter.com/EmaterRS

www.youtube.com/EmaterRS

Instagram: @ematerrs

tv.emater.tche.br


Fonte: Emater/RS


 

1 visualização0 comentário
bottom of page