CORSAN LANÇA CANAL DE DENÚNCIAS PARA PÚBLICOS INTERNO E EXTERNO

A Corsan lançou o seu Canal de Denúncias. A iniciativa soma-se a outros esforços do Corsan Íntegra, o programa de integridade da companhia, visando promover um ambiente de trabalho livre de irregularidades. O canal está disponível para funcionários, fornecedores, parceiros de negócios, clientes e sociedade em geral, que podem fazer denúncias de qualquer natureza, referentes a fatos vedados nos regramentos da Corsan.


A iniciativa atende às boas práticas de gestão corporativa, como mecanismo permanente e ininterrupto para o recebimento de denúncias internas e externas, e cumpre o preconizado nas Leis Anticorrupção federal e estadual (12.846/2013 e 15.228/2018) e das Estatais (13.303/2016).


Com o objetivo de identificar desvios de conduta que possam trazer prejuízos financeiros e riscos de reputação e de imagem, o Canal vai auxiliar na identificação e no combate a casos de corrupção, fraudes, assédios e outras condutas inadequadas, de acordo com o Código de Ética e Conduta da Corsan, reduzindo os altos custos operacionais provocados por esses fatores e gerando um ambiente organizacional mais saudável.


Estruturado para funcionar 24 horas por dia, com atendimento em português e acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva, o Canal permitirá que denúncias sejam encaminhadas pelo site corsan.com.br/canal-de-denuncia ou pelo telefone 0800-800-1090 (24 horas por dia, sete dias por semana). A recepção dos relatos estará a cargo da Contato Seguro, uma empresa independente e especializada na gestão de denúncias, parceira de outras grandes empresas como Sabesp, Caixa Econômica Federal e Petrobras.


O novo canal também permite a realização de denúncias de forma anônima, sendo possível o acompanhamento dos relatos por meio de um número de protocolo, com 100% dos atendimentos realizados por profissionais treinados e com formação em psicologia.


Publicidade

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Douglas Casagrande, avalia o Canal de Denúncias como um instrumento fundamental. “A garantia do comportamento ético de todos, desde a alta administração, dos empregados, passando por fornecedores e demais parceiros de negócio, passa pela existência de um canal independente e autônomo que garanta que as instâncias de governança sejam noticiadas de fatos que escapam à postura ética que esperamos de todos e, acima de tudo, que a partir disso eventuais irregularidades possam ser identificadas e corretamente debeladas, para que criemos uma companhia cada vez mais íntegra, eficiente e competitiva no novo contexto de negócios do nosso setor”, afirmou.