CULTIVO DE LINHAÇA FOMENTA AGRICULTURA EM ENCRUZILHADA DO SUL

Produtores de Encruzilhada do Sul estão investindo na linhaça como plantio de inverno. De acordo com Edinara Barzzoto, a demanda do mercado está aquecendo a cultura.


“A linhaça na sua maior quantidade estava sendo importada da Argentina, mas devido à crise no pais vizinho esta demanda ficou sem atendimento”, comentou Edinara.

Publicidade

O grão tem sido utilizado no mercado para fabricação de óleo de linhaça que é um dos componentes que integram a ração canina, além do consumo humano in natura.

“Esse mercado ficou sem a matéria prima e as próprias industrias de ração estão estimulando o plantio. Nós recebemos as sementes como incentivo, e o custo será descontado no momento da venda”, falou.


Na propriedade de Edinara foram plantados 135 hectares, no mês de maio, o que pode render de 10 a 25 sacos de 50 quilos por hectare. A linhaça é cultivada como safra de inverno, intercalada com a soja, como safra de verão.


“Assim que a lavoura for colhida, em novembro, o solo receberá um tratamento básico, até o mesmo que utilizamos para plantar o trigo, e vai receber as sementes de soja. Atualmente o lavoura de linhaça está em fase de florada, seguindo para o estágio de formação de grão”.


Além do casal Barzzoto, mais três produtores estão investindo no plantio. A rentabilidade do mercado favorável valoriza a cultura.



145 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.