top of page

DE OLHO NA POLÍTICA 14/06/2023

Por Márcio von Diemen



IPÊ SAÚDE É O DESTAQUE DA SEMANA NO RS


Governo e deputados entram na semana decisiva para a definição das mudanças do IPE Saúde, o plano de saúde dos servidores estaduais. Na próxima semana, dia 20, o projeto protocolado na Assembleia Legislativa passa a trancar a pauta, e precisará ser votado. O governo tenta debelar um déficit mensal estimado em R$ 36 milhões, somado à falta de reajuste há mais de 12 anos, nas tabelas de pagamento dos médicos, hospitais e prestadores de serviços de saúde.

Outro gargalo que será enfrentado pela proposta que está na Assembleia: atualmente, o IPE Saúde tem mais de 260 mil dependentes que não pagam nada para usar o plano. Para evitar uma disparada no desconto do servidor, a proposta do Executivo incluiu uma trava global. O dispositivo estabelece em 12% da remuneração do servidor o teto de contribuição, qualquer que seja o número de dependentes na família.

ECONOMIA SE ESTABILIZA, MAS PREVISÕES SEGUEM NEGATIVAS


A economia brasileira, no momento, está preocupando menos: dólar estável; inflação menor do que a esperada; as safras, o agro, garantem bons índices do PIB, estão aquecidos. Além disso, é possível que o Banco Central venha a baixar os juros na próxima reunião.

No entanto, é cedo para tranquilidade total, pois as diretrizes básicas estão distantes de promoverem crescimento econômico para os próximos anos. Ao contrário, pois os analistas preveem rombo nas contas públicas durante todo o governo de Lula (PT).

EM SÃO PAULO, BOULOS (PSOL) E O ATUAL PREFEITO LARGARIAM NA FRENTE


Hoje, segundo pesquisas, o representante do PSOL, o deputado federal Guilherme Boulos, e o atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB), se enfrentariam no segundo turno, para definir quem seria o eleito para administrar o município de São Paulo, na gestão 2025/2028.

Boulos aparece com 31,5% dos votos; e o atual prefeito, com 17,8%, seguidos por Ricardo Salles (PL); Tabata Amaral (PSB), e Vinicius Poit (NOVO). Porém, Salles já desistiu de concorrer, após a falta de apoio interno.

Mas, mostrando que pesquisas nessa época, não mostram possíveis resultados, chegou a 27% do eleitorado o percentual dos que não escolheram nenhum. Ou seja, eleição absolutamente em aberto. Natural então que Boulos, por ter ido para o segundo turno em 2020; e por ter concorrido a deputado em 2022, e Nunes, por estar no cargo, sejam os “favoritos”.

CURTAS


# Pesquisa de aprovação: além da oscilação negativa no cenário nacional, chamam atenção na pesquisa os números verificados na região Nordeste, principal reduto eleitoral do PT. Lá, a aprovação do presidente petista caiu de 55% para 45% desde abril.


# O Planalto vem estudando alternativas ao PL das Fake News caso a proposta não seja aprovada no Congresso até as eleições de 2024. Entre os possíveis caminhos, está o apoio da tramitação no Senado do novo Código Eleitoral, o qual prevê punições para a veiculação de informações falsas ou descontextualizadas que influenciem o eleitor.


# Exatos 13 anos depois de entrar em vigor, a Lei Ficha Lima acumula resultados pujantes. Conforme o TSE, no período de 2016 a 2018, 4.818 candidatos tiveram suas candidaturas cassadas ou indeferidas com base na legislação. Nas eleições municipais de 2016, foram registrados 2.111 casos, seguidos de 172 em 2018, 2.338 em 2020 e 197 em 2022.

# Embora apenas para poucas pastas, há previsão de trocas de nomes no comando de alguns Ministérios. Depois de eleito, no ano passado, Lula aumentou o número de ministérios dos 23 que existiam no governo de Jair Bolsonaro para 37.


# O Brasil começou a colher mais uma safra recorde de grãos. Serão mais de 311 milhões de toneladas, 38 milhões a mais que em 2022. Mas o difícil vai ser guardar este patrimônio. Só há espaço nos armazéns públicos e privados para 180 milhões de toneladas.


# A pesquisa feita pela plataforma de reservas Booking.com, divulgou os dez destinos mais procurados no Brasil para as férias de julho. A cidade de Gramado lidera os destinos mais buscados, seguida por Rio de Janeiro (RJ) e Campos do Jordão (SP). A empresa considerou a maior incidência de buscas para o período entre 1 de julho e 31 de agosto.


# A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta segunda-feira que os planos de saúde individuais terão reajuste de até 9,63%, retroativos a maio. O valor foi definido e aprovado durante reunião da diretoria da agência.


# O Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou pedido da Caixa Federal para expedir ofício às companhias aéreas com o objetivo de penhorar milhas de um cliente inadimplente. Conforme a 12ª Turma, não há legislação regulatória para a conversão de pontos e milhas aéreas em pecúnia.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page