DESAPARECIMENTO AINDA PREOCUPA FAMÍLIA

Era quinta-feira, 30 de maio de 2019, quando Fernando Ferreira da Luz, na época com 38 anos, foi visto pela última vez. Conforme o relato de uma testemunha ele passou em um bar próximo a sua residência, no entorno da Rua 4 de Dezembro. Populares informaram também que ele estava próximo à Vila Coimbra, o que não foi confirmado.


Nos dias de sucederam o desaparecimento, o Corpo de Bombeiros de Encruzilhada do Sul recebeu o apoio do Canil de Santa Cruz para realizar buscas. De acordo o comandante Adriano Thomazi, o cão farejador procurou por vestígios do desaparecido na mata próximo ao trevo de Amaral Ferrador e Alto das Pedrinhas, mas não obteve sucesso. Locais estes no entorno de onde, também, ele teria sido visto por conhecidos no dia do desaparecimento.

Continua após a publicidade

Desde então, a família não recebeu mais nenhuma pista do paradeiro de Fernando, que segundo eles, sofria de depressão. “Pedimos que qualquer informação seja passada para a Brigada Militar, o que pode ser feito até de forma anônima”. Pedem os familiares que ainda esperam por uma notícia de Fernando.




1,399 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.