Do Galpão da Alma” é 3º lugar na Moenda da Canção

Santo Antônio da Patrulha é reconhecida nacionalmente como a terra da rapadura é agora também pelo Festival Nativista Moenda da Canção. Festival criado oficialmente em 1987 e que atrai diversos nomes da música gaúcha para o litoral norte do Rio Grande do Sul. No último final de semana aconteceu a sua 35ª edição. O Encruzilhadense Jader Duarte , que já é uma referência na música gaúcha, subiu ao palco para defender a música "Do Galpão da Alma" acompanhado do portoalegrense Maurício Barcellos. A letra foi composta por ambos e a música é de Jader Duarte e arranjo coletivo. Segundo Jader, a música foi composta durante a pandemia num festival temático que foi realizado on-line e que venceu também esse festival.


A letra fala do "galpão" que todo gaúcho trás na alma principalmente quando vai embora da sua querêcia. E que, tem uma peculiaridade, ela faz uma homenagem ao tradicionalista Glênio Fagundes que fez o primeiro programa gaúcho na TVE que se chamava Galpão Nativo.


" Do Galpão da Alma" se classificou em 3° lugar ficando assim entre as grandes canções do nosso estado.



17 visualizações0 comentário