ECAD PRORROGA PRAZO DE SUSPENSÃO DE PAGAMENTO PARA ENTIDADES TRADICIONALISTAS

As entidades tradicionalistas do Rio Grande do Sul continuarão suspensas do pagamento das taxas do Ecad - Escritório Central de Arrecadação e Distribuição. A informação é do vice-presidente de Administração e Finanças do Movimento Tradicionalista Gaúcho, César Oliveira.

Publicidade

Segundo César, a suspensão começou em março, quando o MTG negociou com o órgão. Inicialmente, contemplaria os meses de março, abril, maio e junho. Como a situação de isolamento social se mantém, e portanto as entidades permanecem sem atividades, houve a necessidade de renegociar. “A situação será analisada mês a mês”, afirmou César.


Segundo ele, foi combinado com o diretor para o Rio Grande do Sul do Ecad, Alvino de Souza Pinto, que as entidades tradicionalistas que por ventura receberem alguma cobrança devem entrar em contato com o MTG.




30 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.