FEDERAÇÃO RS EMITE NOTA OFICIAL

Nesta segunda-feira (22), a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul emitiu uma nota oficial falando sobre o colapso na rede hospitalar de alcance da Federação, a qual o Hospital Santa Bárbara faz parte.


Leia na íntegra:


A Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul, Entidade que congrega a representação da maior rede hospitalar do Estado, com 269 Casas de Saúde espalhadas nos mais diversos municípios gaúchos, vem a público reiterar as seguintes considerações e orientações:


1. Considerando que o Estado do Rio Grande do Sul encontra-se no pior momento da pandemia do Covid-19;

2. Considerando a divulgação do mais grave mapa preliminar do Distanciamento Controlado, com 11 regiões em bandeira preta, o que significa que 68% da população está em áreas classificadas como de risco altíssimo;

3. Considerando os relatos extremamente preocupantes dos hospitais representados por essa Entidade, apresentando aumentos significativos nos números dos atendimentos clínicos e hospitalizações de UTI;

4. Considerando o respeito aos profissionais de saúde que estão há quase um ano atuando na linha de frente ao combate da Pandemia, alcançando um nível de cansaço e estresse extremamente altos;

5. Considerando que muitas instituições já estão operando além de sua capacidade instalada, não tendo mais capacidade de expansão física ou humana;



A Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul, solicita COM ÊNFASE: Que a população do Rio Grande do Sul respeite os protocolos determinados pelo Governo do Estado, mantendo-se alerta às indicações de cuidados pessoais (utilização de máscara, constante higienização das mãos) e, ESPECIALMENTE, evitem as aglomerações. A situação é EXTREMAMENTE GRAVE, sem precedentes, a estrutura de atendimento hospitalar do Estado está sobrecarregada e precisamos barrar COM URGÊNCIA a velocidade e o aumento dos casos da Covid-19.


A estrutura hospitalar está beirando o colapso e mais do que nunca precisamos do esforço coletivo da população gaúcha.


Porto Alegre, 22 de fevereiro de 2021


Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul