MORADORES DE ENCRUZILHADA DEVERÃO USAR MÁSCARAS EM VIA PÚBLICA

Após Encruzilhada do Sul registrar três casos de infecção por Covid-19 a Prefeitura Municipal emitiu um novo decreto. O texto Altera disposições do Decreto nº 3.561, de 02/04/2020. E uma das principais determinações é a obrigatoriedade do uso de máscara por toda a população em via pública. O documento foi assinado no final da manhã de hoje (14) pelo prefeito Artigas Teixeira da Silveira.

O decreto nº 3.563 ainda diz que todos os estabelecimentos comerciais não essenciais devem estar de portas fechadas, só é permitido a comercialização ou pagamento de parcelas através de tele-entrega.


Para as atividades essenciais, mercados, açougues, padarias e fruteiras, fica obrigatória a instalação de anteparo nos caixas e o uso de máscaras e óculos por todos os funcionários, e o atendimento limitado a, no máximo, um cliente a cada 10m2, sendo proibido o consumo no interior do estabelecimento.


Lotéricas e bancos, fica limitado o atendimento de, no máximo, duas pessoas por vez, e deverá ser disponibilizado um funcionário utilizando máscara e luvas para controlar a fila em frente ao local e higienizar os clientes com álcool gel.


Uma equipe da Vigilância Sanitária irá visitar alguns estabelecimentos comerciais informando as alterações. Mas toda a população deve acessar o documento para conhecimento. Denúncias do não cumprimento das regras ou questionamentos podem ser feitas através do link https://www.encruzilhadadosul.rs.gov.br/prefeitura/ouvidoria/ ou ouvidoria@encruzilhadadosul.rs.gov.br


Leia na íntegra:


https://www.encruzilhadadosul.rs.gov.br/prefeitura/arquivos/leiDecreto/3563altera-decreto-3561reitera-calamidade-publicapdf_078.pdf


De acordo com o secretário de Saúde, Pedro Soares de Freitas, a medida é necessária pois o isolamento social é fundamental para que não ocorra a transmissão do vírus entre a população. “ Temos cerca de 25 mil habitantes e três casos, um deles terminou em óbito, e isso é preocupante. ” Além das medidas quanto ao comércio a movimentação para procuras das instituições bancárias também serão restritas. “Temos entre 7 mil e 8 mil aposentados. Temos filas nos bancos, inclusive em razão do auxílio de R$ 600,00 do governo federal. Vamos tomar medidas para inibir a presença dessas pessoas na rua”, falou o secretário.


Quanto a condução dos casos de Covid-19 em Encruzilhada, conforme Freitas, as ações da Secretaria Municipal de saúde são determinadas por um protocolo do Ministério da Saúde, mas ressalta que mudanças podem acontecer diariamente. “O Comitê de Operações Emergenciais (COE), que está reavaliando os casos. Se houver exames complementares nos hospitais que possam auxiliar no diagnóstico, o protocolo será alterado. ”

Ainda faz um apelo. “Fique em casa, seja responsável por você e pela sua comunidade”. Finalizou.



2,337 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.