“OUTUBRO ROSA: ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL COMO PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA”

A alimentação saudável é fundamental para a manutenção da saúde e bem-estar, para a prevenção de doenças como obesidade, hipertensão, diabetes e, também do câncer de mama.


Embora o fator genético exerça um grande papel na formação de tumores, o câncer de mama é uma doença multifatorial. São muitas as causas envolvidas na formação da doença. É preciso observar vários aspectos internos, como hormônios, imunidade e genética. Mas também é preciso observar os fatores externos, que se referem às situações presentes no ambiente onde a pessoa está inserida.


Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), mais de 80% dos casos de câncer estão associados a essas causas externas. Isso quer dizer que as mudanças provocadas pelo meio, hábitos e estilo de vida podem aumentar o risco da doença.


Portanto, no que se refere ao câncer de mama, por exemplo, torna-se, extremamente importante considerarmos a alimentação, o peso corporal, o tabagismo, o consumo de bebidas alcóolicas e de outros alimentos.


Algumas diretrizes traçadas pelo próprio Guia Alimentar para a População Brasileira podem auxiliar na formação de hábitos capazes de prevenir a incidência do câncer:


Publicidade

Consumo de alimentos in natura e minimamente processados (arroz, feijão, frutas, verduras, oleaginosas, sementes e grãos integrais como a base da alimentação. Esses alimentos preservam as suas características fundamentais, sendo ótimas fontes de energia e demais nutrientes, capazes de fazer nosso corpo funcionar de uma forma mais harmônica e aumentando nossa imunidade;


Manutenção do peso corporal, pois o excesso de gordura no corpo provoca alterações hormonais e um estado inflamatório crônico que pode estimular o surgimento da doença;


Prática de exercício físico aliada a uma alimentação mais natural como forma de potencializar os resultados e a prevenção;


Evitar alimentos ultraprocessados (salgadinhos, temperos prontos, biscoitos saborizados, bebidas doces). Esses alimentos são ricos em gorduras, sal e açúcar, promovendo o aumento do peso e estão associados ao desenvolvimento de, pelo menos, 12 tipos de câncer.


A adoção de uma vida mais saudável, incluindo as dicas acima, é capaz de reduzir em 19% a incidência do câncer de mama e diminui em até 60% a mortalidade pela doença.


Portanto, pequenas e eficazes mudanças são, sem dúvida, uma estratégia viável e acessível para a prevenção do câncer a aumento da qualidade de vida.


Cláudia Duarte Nutricionista – CRN2 6093 – (51) 997049118

11 visualizações0 comentário