PROJETO DA VEREADORA CRISTINA CONCEDE TÍTULO DE CIDADÃO ENCRUZILHADENSE AO DR. DIEGO

A Câmara de Vereadores de Encruzilhada do Sul aprovou recentemente, por unanimidade de votos, o Projeto de Lei Legislativo 018/2021, que concede o título de cidadão encruzilhadense ao médico e vereador Diego D´Avila Christoff.


O projeto foi apresentado pela vereadora Cristina Boni justificando que o homenageado é pessoa conhecida por toda comunidade encruzilhadense, com relevantes serviços prestados no município.


“É uma emoção propor o título de cidadão encruzilhadense ao Dr. Diego e ver isso aprovado pela Câmara de Vereadores. Há anos atrás, também recebi das mãos do agora colega Diego o mesmo título e foi um dos maiores presentes que já ganhei na vida”, disse a vereadora Cristina.


O homenageado não conteve a emoção durante a aprovação do projeto e destacou seu amor por Encruzilhada e pela comunidade que tão bem o recebeu em abril de 2033 quando começou a trabalhar como médico no município. “De lá para cá meu amor por essa cidade é cada vez maior e estou emocionado com esse reconhecimento”, destacou Diego.


Nascido em Rio Pardo no dia 1º de novembro de 1973, Dr. Diego é filho de Jairo Lima Christoff e Lourdes Beatriz D´Avila Christoff e Alaíde David (Vó Cuca) que também ajudou a criar o ilustre vereador.


Irmão de Riane D´Avila Christoff e Estela Márcia Kroth, o médico Diego é casado com Alequissandra Christoff e pai de Diego Filho e João Augusto.


Até a 7ª série estudou na Escola Nossa Senhora Auxiliadora, em Rio Pardo. Depois mudou-se para o Colégio Mauá, em Santa Cruz do Sul, onde concluiu seu ensino médio. “Necessitei de preparação pré-vestibular por dois anos. Ao final desse cursinho, em 1992, fui aprovado em 1º lugar no curso de Direito noturno da Unisc, em 1º lugar no curso de Medicina da Universidade Católica de Pelotas e 1º lugar no curso de Medicina na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde estudei por 6 anos”, destaca Diego.


Publicidade

Em 1998 formou-se médico, iniciando residência médica em Pediatria. “Desisti no segundo mês para me tornar 2º Tenente Médico no 6º Regimento de Cavalaria Blindada, em Alegrete, onde fiquei até o ano 2.000”, relembra o homenageado”.


Passado algum tempo da sua formatura e residência em Medicina, o jovem Diego foi contratado pela Secretaria Municipal de Saúde para prestar seus serviços como médico em Encruzilhada do Sul. “Meu primeiro plantão aqui foi no dia 05 de setembro de 1999. Vim morar definitivamente na cidade em maio de 2.000 e já atendi em todos os ESF´s, tendo ficado mais tempo no da Paraíso (7 anos), Lava-Pés (5 anos) e Interior (4 anos)”.


Reza a lenda que quem bebe água da Fonte do Pedroso daqui não sai jamais. Diego é a prova viva dessa frase que tão bem representa pessoas que vieram de outros municípios para trabalhar por algum tempo e aqui fixaram residência e fazem dessa cidade seu lar e seu abrigo.


Depois de algum tempo trabalhando como médico em Encruzilhada, mudou-se para o Mato Grosso para também clinicar. Passado pouco tempo, e com sede da água da Fonte do Pedroso, retornou para “a terrinha” e aqui fixou definitivamente a sua residência. No caminho de volta para Encruzilhada, fez curso para operar aparelho de ecografia, sendo um dos poucos médicos da cidade a realizar esse tipo de procedimento.


Na sequência de sua trajetória no município, em 16 de abril de 2003 assumiu seu primeiro concurso na Secretaria Municipal de Saúde, sendo até hoje um dos médicos mais requisitados pela nossa população.


Pós-graduado em Saúde Pública, em 20 de abril de 2017, Diego Cristoff assume seu segundo concurso no município, completando desta forma a carga horária de 44 horas semanais à disposição dos pacientes que ele gosta de chamar de amigos e atende onde quer que os mesmos o encontre.


Em 2012 seu carisma, popularidade e compromisso com sua comunidade o fizeram vencedor na chapa liderada pela então prefeita Laíse de Souza, sendo eleito vice-prefeito de Encruzilhada do Sul.


Na Câmara de Vereadores sua trajetória iniciou em 2008 quando elegeu-se pela primeira vez. Depois, em 2016, retornou a esta Casa Legislativa onde permanece até hoje em seu terceiro mandato como vereador.


“O Dr. Diego merece muito ser chamado de encruzilhadense por tudo que sempre fez pela nossa cidade”, destacou a vereadora Cristina Boni que propôs o projeto que concedeu o título de cidadão encruzilhadense ao colega e médico.

124 visualizações0 comentário