VIGILÂNCIA EM SAÚDE ALERTA PARA AS MUDANÇAS NOS PROTOCOLOS NA BANDEIRA VERMELHA

Desde a terça-feira (08), está valendo na R27, a qual Encruzilhada do Sul faz parte, a bandeira vermelha, que remete a risco epidemiológico alto para o coronavírus. A Vigilância em Saúde do Município alerta a população para que sejam seguidos dos protocolos do Distanciamento Controlado do Governo do Estado. No decreto municipal vigente consta que o regramento do Estado deve ser seguido, convergindo as ações.


Os fiscais ainda apelam pela conscientização. “Alertamos a comunidade em geral para o uso de máscara, distanciamento e não aglomerar. Evitar locais de grande circulação e sair só o necessário. Para comércio, pedimos que reforcem as medidas, como controlar o fluxo de pessoas, utilização de álcool gel, manterem as barreiras de distanciamento e reforçar a higienização.”


Publicidade

Em Encruzilhada do Sul, seguindo o que diz a normativa do Estado, a Praça Santa Bárbara foi interditada para a permanência no local, com o intuito de inibir aglomerações.


Confira algumas alterações:


Permissão de comércio, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 20h).


Permissão de restaurantes, lancherias e bares, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 22h), clientes somente sentados, com distanciamento de dois metros entre mesas para grupos de até seis pessoas, sem música ao vivo ou ambiente que prejudique a comunicação.


Permissão de funcionamento de atividades em locais abertos, com controle de acesso, vedado alimentação e bebidas (shows, espetáculos, drive-in, parques de aventura e zoológicos etc.).


Vedado o funcionamento de atividades em locais fechados (teatros, cinemas e casas de shows etc.).


Vedada a permanência em locais abertos sem controle de público (ruas, praias, parques e praças etc.), permitida apenas circulação ou prática de exercícios físicos.


Vedados eventos sociais (casamentos, festas, formaturas e aniversários etc.).


Vedação do uso de áreas comuns em condomínios e clubes (brinquedos, salões de festas, piscinas, churrasqueiras compartilhadas e quadras etc.).


Manutenção das atividades de ensino no modelo híbrido, respeitando aos protocolos nas atividades presenciais.


Reforço aos protocolos gerais, em especial: máscara, distanciamento, álcool gel e ventilação natural cruzada (janelas e portas abertas).


Suspensão de festas e eventos fim de ano, de prefeituras ou de estabelecimentos privados, inclusive em condomínios.


Acesse os protocolos por seguimento:

https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br




648 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.