Você já se leu hoje?






Ou melhor, você tem aproveitado esse tempo em casa para se observar e compreender um pouco mais sobre você?

Em outras postagens já venho convidando vocês a fazerem isso. Parece muito simples, muito embora, passamos uma vida fugindo disso.

Na verdade, queremos saber mais, mas tememos. Deixamos para outra hora, assim como aquela arrumação de fotos, aquela receita de bolo, aquela faxina. Então, não seria o momento ideal para essa ‘faxina’ e para compreender qual é o seu código de barras? Vamos decifrá-lo?

Vamos olhar para aquilo que somos e como somos. Assim como também podemos fazer a faxina em casa e tirar tudo aquilo que não nos serve mais, que não é mais funcional na nossa vida! Ok, faça isso também, mas não só isso!

Olhar para si é um ato de autocuidado!!! Hoje em dia muitos profissionais tem chamado a atenção para isso, porque já se sabe que esse é o caminho inverso da doenças. Ou seja, quanto mais podemos nos olhar e nos cuidar, mas estaremos promovendo nossa saúde física, mental e emocional.

Mas o contrário tem se feito, cuidamos em demasia do outro e temos tido resultados confusos. Observem... Você passa uma vida dizendo, alertando, mostrando o caminho dos cuidados e a pessoa simplesmente não faz, e você não cuida e nem tira tempo para você, uma vez que passa o tempo todo dedicado para os outros.

Vou sugerir algo! Que tal nesse momento, você equilibrar essa balança na sua vida. Continue cuidando amorosamente de quem te cerca, mas proporcionalmente, e por vezes até um pouco mais, cuide de você.

Comece tirando nem que seja 15 ou 20 minutos do seu dia para aquele banho mais demorado, para saborear o alimento, para cuidar do cabelo, passar um creme, assistir aquela série que gosta, para tirar aquela sonequinha, para sentar e tomar um chima ouvindo aquela musica que tanto gosta, pode ser inclusive não fazer nada, enfim são infinitas as possibilidades de autocuidado, poderia passar o dia descrevendo!

Você só precisa parar e sentir o que seu corpo e suas emoções pedem! Por favor, não acorde já ligando o dedo na tomada, fazendo automaticamente o que sempre fez. O momento é justamente para ressignificar!

Como podemos nos ler? Através da observação... Seu corpo vai te dar sinais e tua memória vai te ajudar! Lembre o que gostava de fazer lá no inicio da vida, lembre das alegrias, lembre do que gostava de fazer. Veja o que é possível fazer hoje e faça! Por menos que seja, se conecte com suas origens, com atitudes que digam de você.

Proponho que você consiga nesse período 'ler' no mínimo 5 coisas em você. Anote e vai se observando, se possível diariamente! Caso chegue nesse número, publique esse desafio para as pessoas dizendo que é possível. Sugira: Tire esse tempo para ler 5 coisas sobre você! Assim estaremos nos fortalecendo e ajudando outras pessoas a fazerem o mesmo. E se lembrarem e quiserem coloquem a #acolhimentodetodasasformaspatriciasoares . Lembrando que o que você é, é único e maravilhoso!!! Faça as pazes com você!!! Com carinho... Patrícia Soares. #acolhimentodetodasasformas

32 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Jornal do Sudeste.